Sugestão

Saúde pública - Hospitais - postos de saúde
Natal

Embora seja importante lavar as mãos após mexer com alimentos, pode ser ainda mais importante lavá-las depois de ir ao banheiro. Subtipos das perigosas e famosas bactérias Escherichia coli resistentes a antibióticos, chamadas E coli produtoras de beta-lactamase ou ESBLs, são transmitidas não através dos alimentos, de acordo com uma nova pesquisa, mas através do contato das fezes humanas com a boca humana. Pesquisadores britânicos examinaram muitas desses subtipos de ESBL-E. coli no sangue e fezes humanas, esgoto, animais vivos e carne crua, frutas e legumes. Eles descobriram que uma cepa multirresistente, responsável por uma taxa de mortalidade de até 35% em humanos, foi encontrada em mais de 60% das infecções no sangue humano, mas era extremamente rara em animais vivos e inexistente em alimentos. O estudo, da revista inglesa Lancet desta semana, conclui que muitas dessas bacterias E. coli que tornam as pessoas gravemente doentes vêm de outros seres humanos, não de alimentos ou animais (embora os alimentos também possam conter essas perigosas bacterias). Dr Jose Gurgel medico gastroenterologista


Incluído em: 08/11/2019 às 19:01
Encaminhado em: 08/11/2019 às 19:03

Número de Protocolo:
5DC5E5A8579F4



Denunciar solicitação

Comentários

Entre ou Cadastre-se
para comentar nesta solicitação.